Páginas

domingo, maio 23, 2010

Decisões Extremas (Extraordinary Measusres)

Eu particularmente não gosto de filmes tristes, não que eu ache eles ruins e tudo mais, mas é que eu não gosto mesmo de ficar com aquela sensação de 'caramba' depois de assistir a algum filme que trate de uma tema delicado. Eu sou um pouco 'coração de pedra' e é raro eu botar para fora (entenda-se chorar).

'Decisões Extremas' conta a história da família Crowley, cujo os dois filhos mais novos sofrem de uma rara doença, chamada 'Doença de Pompe', que faz com que seus músculos cardiacos e respiratórios não se desenvolvam corretamente. Em umas das inúmeras pesquisas em busca de algo que possa 'curar' os filhos, John Crowley descobre que um médico está muito próximo de achar algo que realmente pode ajudá-los.

O elenco do filme é muito bom, encabeçado por Brendan Fraser (A Múmia), que interpreta o pai das crianças, John Crowley, e por Harrison Ford (Indiana Jones) que faz o médico Robert Stonehill. Interpretando a mãe, Aileen Crowley, está Keri Russel (Missão Impossível III).

É um filme muito bonito e praticamente impossivel não ficar preocupado com as crianças, Megan e Patrick, que são extremamente carismáticos e inteligentes, principalmente a menina.

Apesar de ser um drama, o filme deixa a questão em segundo plano na metade, pois se passa muito mais na busca da cura do que mostrando o sofrimento da familia e das crianças.
Após o contato com o Dr. Stonehill, começa uma correria atrás de um patrocinador para financiar o laboratório e assim ser possível fazer o remédio que pode ou não curar as crianças. O filme não perde totalmente o foco, mas deixa as crianças um pouco de lado.. mostrando-as de tempos em tempos para ficarmos a par do que está acontecendo.

Essa questão pode soar estranha para alguns, mas faz muito mais sentido próximo do final, pois ai sim o filme volta a mostrar por que veio, as crianças piorando e o tempo para a curar ser pronta esgotando, e também mais alguns outros problemas para deixar a trama mais agitada, que eu não vou citar aqui para não estragar a REVOLTANTE situação e eventuais surpresas. G
aranto que no final, vocês não terão taaaanta certeza do que irá acontecer, é ver para crer..

O filme não traz nada de novo, familia correndo contra o tempo para salvar os filhos, um médico querendo ser o pioneiro na criação de um remédio e pessoas muito influentes querendo resultados e também se meter em assuntos que não eram necessários se meter. Apesar dos clichês, você vai torcer para tudo dar certo no final..

'Decisões Extremas' será lançado direto em DVD no Brasil em junho, e com certeza vale a locação.
Se você espera se emocionar, irá.. como eu citei antes, apesar do foco ser um pouco deslocado na metade, o início e o final são muito bonitos. Se você se emociona fácil, é bom carregar um lenço.. e um bom filme a todos.

Nota 7.5

5 comentários:

Figma Paradise disse...

Parece interessante o filme, mas não é muito o meu gênero.

Uma coisa é certa - não pouparam dinheiro na contratação dos atores.

Sei que esse tipo de preconceito é estúpido, mas eu acho que não arriscaria assistir um drama encabeçado pelo Brendan Fraser... Minha opinião é que ele não convence como ator em papéis sérios.

E meu deus como o Harrison Ford tá velho! (não de idade porque isso é o óbvio, digo em aparência). Ele precisa roubar um pouco do elixir da juventude do Sean Connery e do Keanu Reeves rs

http://figmaparadise.blogspot.com

mulherices disse...

Não conheço o filme, mas sua resenha está muito boa, com OPINIÃO - diferente de muitos blogs que se dizem "de cinema", mas limitam-se a copiar resenhas retiradas de sites especializados.

É um filme que provavelmente vou ver.

Visite-nos também.
Abração.

Milton (spectromgm) disse...

Muito bom o seu blog.
Pois é, também não gosto muito de dramas; na maioria das vezes que assisto filmes assim, é para fazer um trabalho de escola...
Mas o elenco desse filme é muito bom. Talvez eu até faça uma exceção e assista esse filme...
abraço

Mila Corr disse...

Ainda não vi...não vou muito com a cara do Brendan Fraser, apesar de gostar muito de uns filmes dele...mas gostei da resenha, foi conferir o filme depois.
Beijo

MENINA LESBICA disse...

Oppa! quero asssistir..

:D